Como detectar e eliminar as pulgas dos gatos – dicas e importância

Quem tem gato sabe que evitar as terríveis pulgas pode não ser nada fácil. Além disso, as pulgas fazem os gatos sofrerem com coceira, provocam queda acentuada de pelos e alguns gatinhos ainda tem alergia às picadas das pulgas, o que gera outros sintomas indesejáveis.

O seu pet tem pulgas? Se detectou a presença destes pequenos animais no corpo do seu gato é importante que comece imediatamente o processo de desparasitação, para impedir que a infecção avance e que a praga se expanda também para sua casa.

Existem alguns produtos que você poderá conseguir no veterinário e que lhe ajudarão a eliminar as pulgas dos gatos, mas também existem uma série de opções de remédios caseiros para que o seu gato volte a estar livre de parasitas.

Neste artigo iremos indicar diferentes formas de matar pulgas.

Como detectar e eliminar as pulgas dos gatos

 

Existem alguns sintomas que podem ajudá-lo a detetar se o seu gato tem pulgas. O sinal mais evidente é observar que seu pet não para de se coçar, sobretudo em zonas como a base da cauda ou a cabeça (locais mais comuns de se alojarem). No entanto, é possível que a praga se expanda e que o animal tenha pulgas por todo o corpo. Também pode-se observar que o gato tenha menos vontade de brincar, falta de energia e passa mais tempo deitado. Outro sintoma comum de que esteja infectado, é quando o animal passa a pedir de uma forma mais frequente que o escove para aliviar a coceira.

A melhor forma de conferir se um gato tem pulgas é passar uma escova anti-pulgas, daquelas que têm as cerdas finas. Veja com atenção se o pente pegou alguma lêndea, larva ou uma pulga (são muito pequenas por isso tem de olhar bem). Também pode optar por limpar o pelo do gato e verificar a sua pele, procurando pela presença não apenas de pulgas, mas também dos seus rastos, como excrementos, lêndeas, etc.

Como detectar e eliminar as pulgas dos gatos

 

Desparasitar um gato

Ao fazer as verificações pertinentes e confirmar que o seu gato tem pulgas, o seguinte passo é consultar o veterinário para que lhe recomende algum dos métodos anti-pulgas existentes. Os mais recomendados são os seguintes:

  • Pipetas: são um dos antiparasitários mais usados atualmente, pois são muito fáceis de usar e muito eficazes. Trata-se de um produto que se aplica na linha dorsal do animal (zona que se poderá acessar durante as suas lavagens diárias) e que se ativa de imediato conseguindo matar as pulgas que se alojaram no corpo do seu pet.
  • Coleiras antiparasitárias: são feitas de plástico e contêm insecticidas que repelem as pulgas além de as matar se tiverem sido alojadas no corpo do animal. A sua duração pode chegar até aos 3 meses, aproximadamente, e chegado este momento deverá mudá-la por uma coleira nova pois a sua eficácia desaparece. É a alternativa às pipetas embora as primeiras durem muito mais tempo e não incomodem o felino.
  • Xampus anti-pulgas: estes xampus servem, essencialmente, para ajudar a eliminar as pulgas do gato. Não se recomenda que se usem como um método preventivo visto que para proteger o animal teria que lhe dar banho de dois em dois dias, algo que não combina com a natureza dos gatos.

Uma vez que tenha desparasitado o gato, terá que realizar uma limpeza muito eficaz no sentido de esterilizar a sua casa. Tenha em conta que estes animais se alojam em qualquer espaço e podem ter posto ovos no sofá, no travesseiro ou qualquer outro espaço que o seu gato tenha subido. Por isso, o mais aconselhável é que desinfete a sua casa para evitar que voltem a alojarem no corpo do seu gato.

Remédios caseiros para as pulgas

Além destes tratamentos médicos que acabamos de referir, deve saber que também existem alguns métodos naturais com os quais conseguirá eliminar as pulgas dos gatos. Confira os melhores:

  • Óleos essenciais: pode misturar umas gotas de óleo de citronela ou de lavanda junto com o xampu anti-pulgas para conseguir melhorar o processo de desparasitação. A citronela é um dos repelentes de insetos naturais que mais se usam tanto para animais como para pessoas e o aroma da lavanda também funciona como inseticida natural. No entanto, este remédio não está aconselhado para gatos com menos de 1 ano, pois pode causar coceira na pele.
  • Limão: o aroma dos cítricos também repele os insectos, pelo que uma boa forma de conseguir matar as pulgas é misturar o suco espremido de um limão com um pouco de água (devem ser as mesmas quantidades do suco que da água). Uma vez que o tenha pronto, adicione-o em uma garrafa com pulverizador e pulverize um pouco desta mistura sobre o seu gato.
  • Camomila: fazer uma infusão de camomila também é um bom remédio caseiro para as pulgas. Terá apenas que ferver um pouco de água com camomila e quando passarem uns 10 minutos coar a infusão para extrair os restos da erva. Depois pode embeber um pano com esta infusão e aplicar sobre o corpo do seu gato.

Como detectar e eliminar as pulgas dos gatos

 

Prevenir as pulgas nos gatos

Para proteger o seu gato das pulgas é importante que aplique a pipeta, como referimos anteriormente ou que, coloque uma coleira antiparasitária, desta forma conseguirá manter longe os insetos. Mas, além disso, também se recomenda que escove o seu gato todas as semanas para controlar que continua desparasitado e tenha um controle frequente do seu estado de saúde.

Uma forma mais natural de o conseguir é ter uma planta de citronela em casa ou de lavanda, como preferir. Já referimos que o aroma de ambas as plantas repele os insetos, assim será uma boa forma de conseguir evitar que as pulgas invadam a sua casa. Também lhe recomendamos que mantenha a sua casa em boas condições de higiene para que o seu gato viva em ótimas condições.

Este artigo é meramente informativo, não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

 

One thought to “Como detectar e eliminar as pulgas dos gatos – dicas e importância”

Deixe uma resposta