Skip to main content

Historia e curiosidade sobre a tintura de cabelo

O responsável pela tintura para cabelos, mistura que eleva a autoestima de muitas mulheres, é o químico Eugène Schueller. A primeira tentativa bem-sucedida do francês aconteceu em 1908, quando ele criou a primeira coloração capilar (da qual derivam as tinturas). Ela passou a ser comercializada em 1909.

Ele baseou sua fórmula em um componente químico poderoso, o paraphenylenediamine, e fundou a Fábrica de Tinturas para Cabelos Inofensiva. Um ano depois, Schueller achou que deveria escolher um novo nome para sua empresa: L’Oreal. Sua tintura mais famosa, Imedia, apareceu em 1927 e até hoje faz sucesso.

Um pouco de Historia

As mulheres sempre procuraram por esse tipo de mudança no visual e as perucas eram ferramentas para isso. Em 1200, por exemplo, o ícone da beleza era Cleópatra, que trazia à sua imagem além da maquiagem, cosméticos e moda, as tendências de corte de cabelo, o famoso chanel de franja, e o cabelo preto como referência. Na época, as mulheres usavam as perucas chanel em cor preta ou as tintas naturais como henna e kohl. Em 1500, o ruivo natural da rainha Elizabeth I tornou a cor mais aceitável, e em pouco tempo os cabelos estavam sendo avermelhados também com henna ou usando perucas.

Começando a coloração

Muito tempo depois, os estudos, descobertas e avanços sobre as tinturas começaram de fato a acontecer. Em 1863, August Wilhelm von Hofmann descobriu as propriedades de coloração do PPD (parafenilenodiamina). Assim, abriu portas para Eugéne Schuller, que em 1907, foi o químico que criou a primeira coloração comercial segura para os cabelos. Antes disso, havia a henna e algumas técnicas com sais minerais, mas deixavam a cor artificial e muito pigmentada, além de alguns danos que causavam ao cabelo. Por isso, Eugéne começou a procurar por produtos mais inofensivos, encontrando em sua fórmula o componente PPD, o produto que até hoje é base da maioria das colorações que conhecemos.

Com suas fórmulas já embasadas, o químico investiu na sua fundação Fábrica de Tinturas para Cabelos Inofensiva que posteriormente viria a ser, com o nome inspirado em suas primeiras fórmulas teste, a “Aureale”, a então: “L’Oréal”. A L’Oréal foi a primeira grande empresa de cosméticos do ramo de coloração.

IMG_1868.jpeg

Mais inovação

Eugéne, ainda foi o primeiro a indicar o teste de mecha como etapa do processo de coloração e, como químico da L’Oréal, ajudou a criar produtos para a descoloração dos fios que revolucionaram ainda mais a indústria. Pela primeira vez se tornou possível clarear pra valer a cor natural do cabelo e morenas poderiam se tornar loiras ou loiras ficarem mais loiras, e assim bombou os cabelos platinados. Uma revolução e avanço enorme para a época!

A partir de 1931, começou a surgir outras alternativas como os tonalizantes, shampoos e cremes que eram opções mais rápidas para chegar ao efeito desejado de mudar a cor do cabelo e o visual.

Desde então, a indústria de cosméticos não parou mais de descobrir e desenvolver produtos e técnicas no ramo da beleza e cabelo.

Acesso nossa empresa pelo Google

Siga nosso Instagram

Localize nossa Empresa pelo Google Maps

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *