Metallica adia turnê 2019, James Hetfield de volta para clínica de reabilitação

O grupo norte-americano anunciou o cancelamento e falou mais sobre a batalha do frontman em um post nas redes sociais. O vocalista James Hetfield, do Metallica, voltou a se internar em uma clínica de reabilitação para tratar do vício em álcool. Com isso, a turnê que a banda faria na Austrália e Nova Zelândia foi adiada. Os shows no Brasil em 2020 estão confirmados, informou a assessoria da Live Nation ao UOL. 

Escreveu em nota o Metallica. “Como muitos de vocês provavelmente sabem, nosso irmão James está lutando com o vício por muitos anos. Ele agora, infelizmente, teve que voltar a entrar em um programa de tratamento para trabalhar em sua recuperação novamente”.

“Temos a intenção de chegar a vocês [os fãs] assim que a saúde [de James] e as datas permitirem. Avisaremos assim que pudermos. Mais uma vez, estamos arrasados […], agradecemos o apoio a James e, como sempre, obrigado por fazer parte da nossa família Metallica”, completou.

Todos os ingressos adquiridos para as apresentações na Austrália e Nova Zelândia, que aconteceriam em outubro deste ano, serão reembolsados. O Metallica tem quatro shows marcados no Brasil: em Porto Alegre (21 de abril), Curitiba (23 de abril), São Paulo (25 de abril) e Belo Horizonte (27 de abril).

Em uma entrevista para a revista Kerrang! em 2013, Hetfield falou sobre sua batalha contra o vício em álcool.

“Ir para a reabilitação me ensinou sobre prioridades”, disse ele. “Estou no Metallica desde os 19 anos de idade, o que pode ser um ambiente muito incomum, e é muito fácil descobrir que você não sabe viver fora desse ambiente, e foi o que aconteceu comigo. Eu não sabia, não sabia nada sobre a vida. Eu não sabia que poderia voltar para casa e viver uma vida com a família”, contou.

“Eu não sabia que poderia viver minha vida de uma maneira diferente de como estava desde os 19 anos, o que era muito excessivo e muito intenso. E se você tem um comportamento viciante nem sempre faz as melhores escolhas para si. E eu definitivamente não fiz as melhores escolhas para mim.”

 

Deixe uma resposta