Dicas para deixar o seu cão sozinho em casa

Dicas para deixar o seu cão sozinho em casa

O cão é um animal extremamente sociável, que gosta de companhia o tempo todo. E troucemos dicas para deixar o seu cão sozinho. E, então, quando temos que sair, eles ficam estressados e entediados. Porém, as rotinas cada vez mais conturbadas e atarefadas dos donos comumente exigem que os cachorros fiquem sozinhos. Com isso, o cachorro pode se sentir entediado ou mesmo estressado pela separação, existindo a possibilidade de eles desenvolverem diversos problemas comportamentais e psicológicos, como ansiedade de separação e, por isso, destruir móveis e objetos, fazer as necessidades fora do local adequado, latir muito e até uivar enquanto não voltamos. Inclusive, eles podem se ferir raspando nas portas, por exemplo.

Dicas para deixar o seu cão sozinho em casaNeste post reunimos algumas dicas para o caso de donos que ficam fora de casa por um longo período e o seu cão precisa se adaptar a essa rotina para não sofrer tanto ao ficar sozinho em casa ou apartamento enquanto os espera. Se o seu pet fica sozinho esporadicamente, ele não vai chegar a se acostumar mal com a sua ausência.

 

Por que o cachorro não quer ficar sozinho?

  • A resistência a ficar sozinho em casa pode se originar de um cachorro inseguro ou mesmo por traumas do passado. Os cães nascidos e criados em lugares perigosos são filhos de mães medrosas e infelizes que não puderam ensinar suas crias a serem animais equilibrados;
  • Também é possível que não tenham amamentado as suas crias por tempo suficiente, uma vez que os criadores tiraram os filhotes muito cedo. Isso os tornou cachorros medrosos e inseguros por natureza;
  • Além disso, os filhotes abandonados ou maltratados sofrem de pânico crônico e às vezes o excesso de atenção por parte dos donos também provoca no cachorro certa resistência a permanecer sozinho.
  • Os grandes traumas, inseguranças ou maus-tratos podem dar lugar a uma síndrome chamada ansiedade de separação.

Dicas importantes para o seu cachorro não sofrer…

Dicas para deixar o seu cão sozinho em casaVocê pode adotar hábitos para diminuir a ansiedade de separação quando seu cachorro vai ficar sozinho em casa durante muito tempo. Cães que não conseguem ficar sozinhos entram em depressão, procuram ocupar o tempo destruindo móveis e objetos e fazem besteiras pra chamar a atenção.

  • Preparação: Fazer um bom passeio com o cãozinho antes de deixá-lo sozinho é muito importante para gastar a energia dele e relaxá-lo. Andar pela rua faz com que o animal se distraia com cheiros diferentes, pessoas e outros bichinhos. Assim, ele estará mais calmo ao longo do período em que o dono não estiver em casa e poderá até dormir por algumas horas.

 

  • Na hora de sair: O ideal é tornar a separação e o reencontro hábitos normais e corriqueiros, nada de muito especial. Para os cãezinhos que ficam muito tristes quando estão sozinhos, é ideal não fazer longas e dolorosas despedidas. Não diga “tchau”, não dê beijos. Para seu cão isso irá significar que esta situação está te incomodando, te fazendo sofrer. Isso faz com que o cão sinta mais ansiedade e tristeza por ficar sozinho. A despedida deve ser rápida e o menos sentimental possível. Quanto mais normal for esta situação, mais rápido ele se acostuma a ela. O ideal é que o ignore quando sair de casa e quando chegar. Tem que ensinar que o fato de sair e voltar não são uma coisa de grande importância e não devem ser motivo para celebração ou preocupação.

Dicas para deixar o seu cão sozinho em casa

  • Quando voltar espere um pouco para fazer festa. Caso abra a porta já passando a mão nele, fazendo carinho e pegando no colo, ele ficará te esperando todos os dias, muito ansioso por sua volta. Ao chegar, troque de roupa, aja normalmente e só aí faça festinha pro seu cão. É tentador, mas você estará fazendo o melhor pra ele.

 

  • Acostume o cão a ficar calmo sozinho: É da essência do cachorro não gostar de ficar sozinho, mas esta pode ser uma prática adestrável. A ideia é ir acostumando o cão aos poucos com a sua saída. Saia de casa por alguns poucos minutos e não se distancie muito (se ele latir, você deve conseguir ouví-lo). Se o seu cão estiver esperneando, não volte até ele se acalmar. A ideia é que ele aprenda a ficar calmo, sabendo que você sempre irá voltar. Isso dito, durante o treinamento tente voltar para ele antes de ele se estressar. Aumente gradativamente o tempo que você fica longe e volta – 1 min e volta, 5 min e volta, 10 min e volta, 15 min e assim por diante. Para acostumá-lo pouco a pouco ao fato de que você irá sair todos os dias, comece deixando a casa por espaços curtos e vá ampliando a duração das saídas até que deixe a residência durante o período de tempo que vá ficar fora habitualmente. Esse treino ajudará o seu pet a ficar menos ansioso e compreenderá que você irá retornar.

 

  • Passeie com o seu cachorro antes de sair (sempre que possível): Nada deixa o cão tão relaxado e feliz quanto uma boa caminhada. Assim o seu pet pode extravasar energias e até mesmo tirar um cochilo enquanto você estiver fora de casa. Com menos energia para gastar, ele ficará mais calmo durante a sua ausência.

 

  • É conveniente que o alimente antes de sair, pois depois de comer ele ficará com sono e poderá tirar uma soneca enquanto você não estiver em casa. Também é importante que exista um lugar para o cão aconchegar-se e sentir-se seguro, onde possa refugiar-se quando você não estiver.

 

  • Deixe brinquedos para mastigar, bolinhas e petiscos escondidos. Você também pode adaptar, pegar uma garrafa pet, colocar petiscos que ele adore dentro, vedar bem e fazer furos mínimos pela garrafa.

 

  • Distração: O cão deve ter atividades em casa ao longo do dia, mesmo sozinho. Há diversas opções de brinquedos interativos nos quais podemos colocar a própria ração para que ele tenha que caçar a comida e se entreter por alguns períodos, em vez de deixar a todo o alimento disponível em potinhos. Espalhar petiscos pela casa e deixar alguns escondidos para que o cão tenha que procurar também pode distraí-lo por alguns períodos.

Dicas para deixar o seu cão sozinho em casa

  • Brinquedos: Brinquedos próprios para roer e outros com texturas diferentes devem estar disponíveis para o cão brincar ao longo do período em que ele estiver sozinho. O ideal é fazer um rodízio dos objetos diariamente, para que seja sempre uma novidade. Podemos até improvisar alguns em casa mesmo, como garrafas pet penduradas, petiscos dentro de meias velhas, comidinhas dentro de caixas de papelão, enfim, temos que ter muita criatividade para que ele tenha bastante trabalho e possa se entreter muito brincando. Obs. Utilize estes brinquedos caseiros com segurança. Tenha certeza de que seu bichinho não possa se machucar ou mesmo engolir pedaços que não são comestíveis.

 

  • Precauções: Cuidado com coisas como brinquedos que soltam partes, pelúcia, ossos, etc. Tire também fios e objetos quebráveis. Desligue equipamentos eletrônicos das tomadas para o caso dele mastigar. O ideal é que você delimite um espaço, assim você diminui os riscos de ele se machucar.

 

  • Coisas da casa: Outra dica é deixar a TV ou rádio ligado para que o bichinho tenha algum som no ambiente. Ele pode se sentir mais confortável e seguro e, assim, não vai ficar prestando atenção nos sons da rua, do vizinho ou do hall do seu apartamento. Isso faz com que a chance de ele latir para esses barulhos diminua e que ele fique mais tranquilo em casa.

 

  • Além disso, deixar algumas roupas ou panos que tenham o seu cheiro espalhados pela casa pode diminuir a solidão do animalzinho. Ele provavelmente vai procurar pelo seu cheiro para não se sentir tão sozinho. Ao encontrar esses tecidos, ele sentirá a sua presença e ficará mais calmo e relaxado.

 

  • Caso seja filhote, ele deve ficar preso em uma área restrita enquanto não estiver habituado com a nova casa, com a rotina de ficar sozinho e com as necessidades no jornal ou tapetinho.

Dicas para deixar o seu cão sozinho em casa

  • Se for o caso de cães que dormem na cama com seus donos, o quarto pode ficar aberto com acesso à cama. Assim, ele poderá descansar no local em que já está acostumado.

 

 

 

Essas foram algumas dicas para um cachorro sozinho em casa ser mais feliz. Caso elas não funcionem, vale considerar deixá-lo em creches ou ter algum passeador de confiança que possa fazer essas atividades durante o dia. Sempre que puder aproveite o tempo com ele para dar muito amor e carinho, afinal, eles merecem!

Outro Post sobre raças como o Husky Siberiano, tudo em nosso Blog!!!
Quer saber sobre a Raça Pug? Acesse Aqui!!!

Visite nossa Loja Finfaro Pet Shop – Produtos de qualidade para seu Pet, Caminhas, Ossinhos, Petiscos, Brinquedos, Higiene, Medicamentos, antipulgas. Tudo que você precisa para Seu Cãozinho ou Gato!!!

Deixe uma resposta