Ossinhos para Cachorros, as opções e os cuidados

Ossinhos para Cachorros, as opções e os cuidados

Os diversos tipos de ossinhos para cachorros e atenção ao escolhê-los

Um dos passatempos mais comuns aos cães é roer ossos e enterrá-los. Os ossos para cachorros são um dos itens mais presentes na casa de quem tem pets, e não é incomum deparar-se com um deles pelos cantinhos preferidos de descanso e relaxamento dos animais. O senso comum diz que é natural – cachorro gosta de roer osso. Entretanto, esse pequeno agrado canino pode resultar em problemas se determinados fatores não forem levados em consideração, e esta é uma questão que acaba confundindo bastante os que tem animais em casa. Ossinhos para Cachorros, as opções e os cuidados.

Será que é recomendado dar ossinhos para cachorros? Para esclarecer essa questão, vale lembrar que não são quaisquer ossos para cachorros que pode fazer mal, e em alguns casos o pet pode até mesmo se beneficiar com uma boa roída de ossos. Aqui você vai aprender sobre os diferentes tipos de ossinhos.

Nenhum tipo de comida caseira, aquela que almoçamos todos os dias e damos ao cachorro as sobras, deve ser dado ao cão. Os ossinhos para cachorros não são caso diferente.

Ossos naturais não são indicados

O osso de qualquer tipo de ave, por exemplo, é absolutamente contraindicado. O osso de aves podem soltar lascas quando digeridos e podem causar sérios danos, como a perfuração do intestino.

Ossinhos para cachorros, as opções e os cuidados Blog FinofaroTido como uma ótima opção de divertimento e distração, os ossos começam a gerar chances de representar problemas para os cachorros quando há uma falta de atenção na escolha do osso para o cão por parte do dono. Ossos muito pequenos e facilmente quebráveis (como os de frangos e galinhas, por exemplo) são alguns dos tipos mais perigosos para os cães, já que podem causar a obstrução das vias respiratórias do animal, levando-o a episódios de asfixia que podem ser fatais.

Os ossos de boi e porco podem ser dados se estiverem crus, porém o tamanho do osso é um problema a ser observado. O processo de cozimento do osso, para quem gosta de dar ossinho para cachorro depois do almoço, faz a digestão do osso mais difícil.

Porém, para garantir a saúde do seu cão, não dê ossos de animais. O cão tem necessidade de roer osso, mas há uma alternativa.

Ossinho artificial para cães

Ossinhos para cachorros, as opções e os cuidados Blog FinofaroO cachorro realmente precisa roer, pois o ato ajuda na limpeza dos dentes, melhorando a higiene bucal, sendo capaz de ajudar o cão a se livrar de tártaro e de sujeiras que podem ficar presas nos seus dentes e gengivas. E o cachorro precisa de fonte de cálcio e vitaminas, encontradas nos ossinhos para cães que também podem acrescentar proteínas e sais minerais na dieta dos pets sem esforço.

O recomendado são os ossos que você compra no pet shop. A Fino Faro tem uma grande diversidade de ossinhos e biscoitos para seu cãozinho. Acesse o Finofaro Loja da loja aqui e conheça os produtos disponíveis e seus benefícios. O ossinho para cachorro deve ser do tamanho correspondente a duas vezes o tamanho da boca do cão aberta, para que ele não engula. O osso deve ser descartado quando começar a ficar mole e diminuir o tamanho, pois nesse caso o cão tem grandes chances de engoli-lo.

Se você não quer correr o risco de seu cão sofrer alguma consequência devido ao uso dos ossos naturais, mas ao mesmo tempo não quer deixar de agradá-lo, opte por palitinhos e ossinhos artificiais compostos por vitaminas e probióticos, esses petiscos são mais naturais e não fazem mal ao seu cão.

Se você ainda não tem um amiguinho e esta pensando em comprar, ganhar ou adotar, temos um tema interessante, “Quero ter meu primeiro filhote! E agora?” Super interessantes. Fique conosco, teremos temas interessantes todos as semanas.

 

Deixe uma resposta